Brainstorming: o que é, qual seu significado e para que serve?

O brainstorming é uma técnica utilizada por diferentes empresas para encontrar soluções inovadoras para diversas questões do negócio. Saiba agora o que é e como aplicar em sua empresa.

26 jul 2021

Tempo de Leitura: 11 min.
brainstorming

Para ter sucesso em sua sessão de brainstorming, defina com antecedência o problema que será discutido e escolha um ambiente confortável.

Uma técnica bastante utilizada, principalmente nas agências de marketing e publicidade, é o brainstorming. Você já ouviu falar?

A sua utilização pode ser voltada para o levantamento de sugestões, desenvolvimento de novos produtos, ideias e soluções de problemas.

A tradução de brainstorming significa “tempestade de ideias” e pode ser aplicado tanto para dentro do negócio quanto para fora. Ou seja, para o planejamento de novas estratégias para a empresa ou para a criação de novas campanhas de clientes.

Agora, para você entender melhor o que é brainstorming, continue a leitura deste artigo. Vamos lá!

O que é brainstorming?

Agora vamos falar sobre o conceito de brainstorming. Pare e reflita quando você estava no ensino médio ou faculdade e o professor solicitava que os alunos formassem grupos para desenvolverem determinada tarefa.

Cada aluno expressava a sua ideia e dali era extraído as melhores para ser montado a estrutura final do trabalho.

Pois é, brainstorming funciona da mesma maneira, ou seja, é uma atividade realizada em grupo para debater a solução de determinado problema.

O intuito dessa técnica é encontrar soluções inovadoras e as consequências para o ambiente corporativo são excepcionais visto que estimula a motivação da equipe e o seu engajamento.

Por mais que essa prática seja mais utilizada entre agências de marketing e publicidade, não quer dizer que você não possa aplicar em sua equipe. Aliás, o brainstorming já faz parte de diferentes segmentos do mercado e é utilizado por diferentes tipos de empresa.

Sendo assim, o brainstorming pode ajudar a sua empresa em duas maneiras distintas: primeiro, a estimular a sua equipe a pensar fora da caixa e gerar ideias criativas e inovadoras. Segundo, para estimular a aproximação da sua equipe porque é uma ótima técnica para envolver os colaboradores.

Agora que você já tem dois bons motivos para usar o brainstorming em sua estratégia, não adie a implantação dessa técnica em sua empresa.

Para que serve o brainstorming?

Utilizar o brainstorming é estimular constantemente o pensamento criativo da equipe. Por mais que essa técnica seja vista como uma eficiente dinâmica de grupo, é também uma ferramenta inovadora para as empresas.

O brainstorming é essencial para ajudar a encontrar novas ideias eficientes para empresa. Por exemplo, se você estiver iniciando o seu negócio e ainda está realizando pesquisas sobre como abrir uma empresa e ideias para criar nome de empresa, essa técnica pode ser essencial para te ajudar a definir todas essas etapas.

Além disso, a dinâmica com outras pessoas pode te ajudar a encontrar nomes de empresas criativos e a definir outras questões importantes como logomarca, branding e identidade visual da sua marca.

Em suma, as etapas de uma reunião de brainstorming consiste em:

  • Explicar o problema;
  • Após a fala de cada participante, anotar as ideias de cada um;
  • Apresentar as ideais para os participantes;
  • Reunir todas as ideias;
  • Finalizar.

Para ter sucesso na aplicação do brainstorming em sua empresa é importante respeitar os princípios que foram propostos por Alex Osborn, o responsável pela elaboração da técnica na década de 40. E esses princípios são os seguintes:

  • É essencial que a dinâmica de brainstorming seja livre e todos possam expor suas ideias sem receber críticas. O importante é não julgar e após cada um sugerir sua proposta, anotar e seguir para o próximo participante.
  • Quanto mais ideias forem sugeridas, melhor. Aqui o que vale é a quantidade e não a qualidade até porque todas serão anotadas e depois serão extraídas as melhores.
  • Devido à alta quantidade de ideias sugeridas em uma reunião de brainstorming, pode ser que algumas delas por serem similares, sejam combinadas, e gerem uma nova solução.

Compartilhe este conteúdo:

          

Onde usar o brainstorming?

Para saber onde usar o brainstorming em sua empresa, pare e analise a sua atual realidade. Tem algum setor que merece uma atenção maior? Existe uma estratégia que parece não estar funcionando corretamente?

Apesar de o brainstorming poder ser utilizado para debater sobre algum problema que vem te tirando o sono e causando preocupações, ele não necessariamente deve ser aplicado para situações negativas.

Aliás, muito pelo contrário. Você pode usar o brainstorming para trabalhar no crescimento dos negócios e em tudo o que for necessário para mantê-lo saudável.

Para você poder utilizar essa técnica com sabedoria, identifique uma necessidade que precisa ser resolvida e decida se você, por conta própria, pode encontrar as melhores soluções, ou contar com uma equipe lhe trará melhores resultados.

Caso você opte pela segunda opção, isto é, realizar uma dinâmica com os profissionais da sua equipe, prepare-se corretamente para elaborar e executar o brainstorming.

Algumas situações em que você pode considerar a utilização dessa técnica em sua empresa são:

  • Definição das melhores estratégias de marketing;
  • Maneiras para aumentar a produtividade da empresa;
  • Implantação de uma política de redução de custos;
  • As melhores maneiras de lançar um novo produto ou serviço no mercado.

Tipos de técnicas para utilizar no brainstorming

Agora que você já sabe o significado de brainstorming, vamos seguir e conhecer algumas técnicas para utilizar na reunião de brainstorming.

Aliás, você sabia que algumas técnicas tornam a tempestade de ideais mais eficaz? Confira abaixo!

    1. Técnica do Post-It

    Assim como a sua função em nosso dia a dia é gerar mais destaque as ideias, os papéis adesivos terão a mesma função na reunião de brainstorming.

    Além de agilizar o processo, ajuda a inspirar a equipe e faz com que eles possam participar mais efetivamente da dinâmica.

    Para utilizar essa técnica, entregue um bloquinho e caneta para cada participante e solicite que eles escrevam suas ideais ali. Ao concluírem, cole os post-it em um mural ou na parede e assim inicia-se a partida para a eleição da melhor ideia daquela reunião.

    2. Mind Mapping

    O mapa mental, na tradução livre, visa resumir o problema que será discutido na reunião. Ou melhor, procura sintetizar a questão que será abordada em três palavras apenas.

    Para isso, faça a identificação de três termos que expressem corretamente a ideia e deixe que os participantes trabalhem a partir delas.

    Escreva essas três palavras em uma folha e solicite que os integrantes escrevam outras que se relacionem com aquelas três primeiras. Para otimizar ainda mais, conecte-as por linhas.

    3. Brainstorming oposto

    A ideia aqui não é deixar o problema ainda maior, mas fazer com que a ideia oposta seja um excelente caminho para finalmente encontrar a solução para os problemas.

    Por exemplo: se você deseja melhorar a entrega dos produtos da sua empresa para os clientes, peça que os participantes listem o que não se deve fazer.

    Além disso, diversos pontos negativos que podem estar passando despercebidos em relação a determinado problema podem ser expostos e serão finalmente resolvidos na dinâmica.

    Ainda considerando outros exemplos de brainstorming, você pode optar pela realização da dinâmica de maneira solitária ou em grupo para que a junção de diferentes ideias cheguem a soluções interessantes e inovadoras.

    Quais são as vantagens de utilizar essa técnica?

    Como até aqui você já sabe o que é brainstorming, sem dúvidas podemos citar o aumento da produtividade da equipe.

    Devido ao brainstorming provocar a interação maior entre as pessoas e por valorizar todas as ideias sem distinção, isso acaba estimulando o trabalho em equipe.

    Portanto, as empresas que optam por essa técnica acabam contando com um ambiente de trabalho ainda melhor e produtivo. No que os colaboradores se sentem mais valorizados e realizam que as suas ideais são realmente ouvidas, os níveis de efetividade aumentam e gera uma altíssima confiança entre empresa e colaboradores.

      Como fazer o brainstorming fluir bem?

      Provavelmente você não vê a hora de fazer a sua primeira sessão de brainstorming e colher todos os seus benefícios.

      Para te ajudar a ter sucesso em sua tempestade de ideias, veja alguns passos essenciais que você não deve ignorar para saber como fazer o brainstorming fluir corretamente.

      Vamos conhecer alguns deles?

      Limite o número de participantes

      Por mais que na teoria mais participantes signifique mais ideias, na prática, pode não funcionar muito bem e é importante que você limite o número de pessoas na dinâmica porque isso pode causar conflitos e até mesmo provocar falta de foco.

      Utilize ferramentas para estimular a criatividade

      Para você conseguir obter um número ainda maior de ideais em sua reunião, uma boa técnica para estimular a criatividade das pessoas é utilizar música. Você sabia dessa?

      Mas não estamos falando de qualquer gênero musical. Coloque música clássica, pois esse estilo estimula a memória, o aprendizado e a criatividade.

      Reúna participantes com perfis diferentes

      Reunir pessoas com perfis diferentes significa trazer ideias diferentes. Para isso, reúna em sua dinâmica mulheres, homens, jovens, pessoas maduras, funcionários mais antigos, recém-chegados e outras características que você considerar importante.

      Lembre-se de que a melhor maneira de fazer com que todos os participantes do brainstorming se sintam à vontade para falar é promover um ambiente confortável e descontraído.

      Além de ser essencial que o espaço conte com uma boa iluminação, disponibilize todos os objetos que deverão ser utilizados na reunião como papel, caneta, lousa, entre outros. Disponibilize também um espaço com lanches, água e café para os participantes.

      Após a reunião

      Ao finalizar a dinâmica do brainstorming, chegou o momento de agir. Não se acomode e opte apenas pelas ideais que são cômodas para sua empresa.

      Expanda sua mente e escolha também aquelas ideais que pareçam impossíveis, mas que, na prática, podem trazer resultados ainda mais positivos para seu negócio.

      Pronto para colocar em prática? Conta pra gente nos comentários se você já fez ou vai planejar agora sua reunião de brainstorming.

      Compartilhe este conteúdo:

                

      Anúncio Desktop

      O que você achou desse conteúdo?

      Esperamos seu feedback nos comentários e que você volte sempre para conferir mais informações para crescer seu negócio.

      Sobre o autor:

      Dênis Ferreira – CEO da Sollide
      Especialista em Marketing Digital, cursou Publicidade e Propaganda na Uniube e EFB na Kaplan, NY. Tem no marketing digital para pequenos e médios negócios sua paixão e busca a inovação a todo instante.

      0 comentários

      Enviar um comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *